Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Seca dos últimos meses provoca aumento no número de queimadas no Norte do Brasil - Web Rádio PQP

Seca dos últimos meses provoca aumento no número de queimadas no Norte do Brasil

A seca dos últimos meses provocou um aumento no número de queimadas na Região Norte do Brasil. Em Rondônia, o fogo deixou mortos e destruiu propriedades, além de cancelar voos. No Acre, o Corpo de Bombeiros atendeu 1.412 ocorrências envolvendo incêndios ambientais desde junho.

Os meses de agosto e setembro são, tradicionalmente, os mais quentes e secos na região. Neste ano, a situação é ainda pior por causa da umidade relativa do ar, que está em 20%. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), trata-se de um nível de alerta.

Como consequência, em Rondônia, os primeiros 15 dias deste mês o número de queimadas já supera em 50% o mês de agosto do ano passado no estado. O aeroporto da capital, Porto Velho, chegou a cancelar voos por falta de visibilidade. Nesta sexta-feira (16), a Infraero cancelou um voo que sairia de Brasília até Porto Velho. O avião teve que seguir para Manaus. Outro voo que sairia às 15h30 da tarde precisou ser adiado.

O fogo também tem atingido parques e assentamentos rurais. Em Machadinho do Oeste (RO), um casal morreu queimado dentro de casa, depois que um incêndio destruiu a propriedade deles nesta semana.

Fogo registrado próximo à BR-364, sentido Jaru (RO) — Foto: Reprodução/ Rede Amazônica

Fogo registrado próximo à BR-364, sentido Jaru (RO) — Foto: Reprodução/ Rede Amazônica

As imagens de satélite de Rondônia também mostram a fumaça. Thiago Martaroli, especialista do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), explica que, nos 15 primeiros dias de agosto, os satélites do Inpe identificaram 3.700 focos de calor em Rondônia.

“Na verdade, só nos primeiros 15 dias desse mês, a gente queimou mais que todo os meses de agosto nos últimos anos. Essa concentração de fumaça é reflexo dessa situação, que parece estar descontrolada no estado inteiro”, explicou Martaroli.

No estado vizinho do Acre, o governo decretou alerta ambiental, também por causa das queimadas, da redução do nível dos rios e da baixa umidade do ar. A medida deve permanecer por mais três meses.

Nos últimos três meses, o Corpo de Bombeiros diz ter atendido a 1.412 ocorrências de incêndios ambientais.

Deixe seu comentário:

Publicidade

Últimas do blog

© Direitos reservados - Web Rádio PQP Web Rádio administrável