Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando Agora
Músicas recentes: Veja as músicas que já tocaram por aqui.
Menu

Sanções podem fazer Huawei reduzir a produção de smartphones em até 60%

Rafael Rigues 21 de fevereiro de 2021

As sanções impostas pelo governo dos EUA estão tendo um impacto significativo na participação da Huawei no mercado de smartphones. Depois de transformar sua marca de celulares intermediários, a Honor, em uma empresa independente, a fabricante reduziu drasticamente a previsão de vendas de smartphones neste ano.

De acordo com o site Slashgear, citando o jornal japonês Nikkei, a empresa informou seus fornecedores que devem esperar uma redução de até 60% nos pedidos de componentes neste ano. Em contraste aos 189 milhões de aparelhos que a empresa entregou em 2020, neste ano ela espera produzir apenas entre 70 a 80 milhões de unidades.

Não só a quantidade, mas também o tipo de componentes adquiridos foi afetado pelas sanções. As fontes do Nikkei citam que a Huawei está pedindo apenas componentes para smartphones 4G, já que a exceção ao embargo que permite que compre modems da norte-americana Qualcomm não cobre modems 5G.

Sem poder fazer negócios com empresas nos EUA, a Huawei não consegue vender aparelhos, como o P40, fora da China. Imagem: Framesira/Shutterstock

No Brasil, onde é forte no segmento de infraestrutura, o futuro da Huawei também é incerto. Sob a alegação de que a empresa atua como um braço de espionagem do Partido Comunista Chinês, o governo do ex-presidente norte-americano Donald Trump fez lobby contra a entrada da empresa chinesa no mercado brasileiro do 5G. A ideia teria apoio de membros da “ala ideológica” do governo federal, que cogitaram a elaboração de um decreto para proibir a participação da empresa no leilão.





Mas, segundo o Estadão, a iniciativa perdeu força e a participação da empresa deve ser liberada. Entre os motivos estão a derrota de Donald Trump para Joe Biden, que deve levar a um realinhamento da relação entre os EUA e a China, e a constatação do alto custo, para as operadoras, decorrente da substituição de equipamentos da Huawei em suas redes atuais.

Segundo o Tilt, canal de tecnologia do UOL, a consultoria de mercado IDC estima a participação da empresa entre 30 a 70%, dependendo da “camada” na rede de telecomunicações, como antenas ou backbones. A própria Huawei, que atua no Brasil há 22 anos, se limita apenas a dizer que seus equipamentos cobrem “95% da população brasileira”.

Fonte: SlashGear

Deixe seu comentário:

Publicidade

Publicidade

Últimas do blog

  • Coração da Rússia Euro Truck Simulator 2

    Postado 05/03/2021 Nos últimos meses, começamos a provocar a próxima expansão de mapa do Euro Truck Simulator 2, o próximo grande mapa DLC que virá depois de Iberia . Você deve se lembrar de ver algumas... Leia mais

    Em 05/03/2021
  • Airport CEO 1.0 lançado

    PUBLICADO EM qui., 5de março de 2021 Airport CEO 1.0 lançado Ei ei ei, CEO do aeroporto! O CEO do aeroporto agora passou de seu estado de acesso inicial para um jogo lançado 1.0 completo. Não temos certeza de como... Leia mais

    Em 05/03/2021